O dia que Padre Marcelo matou o Lafond

Minha saga começou no Globo.com e foi terminar nesta terrível descoberta.

Meu trabalho exige que eu seja extremamente bem informado. Não papo apenas de elevador e tal, do tipo “Você viu o acidente que  teve ontem? terrível, né?”. Eu tenho, por obrigação, que saber todos os pormenores do caso. Aquele papo de quando passar o Jornal Nacional eu levantar a plaquinha “eu já sabia” pra todas as notícias.

.

Jornal Nacional: Quem já sabe das notícias diga EU

Jornal Nacional: Quem já sabe das notícias diga EU

Isso é legal, mas me obriga a buscar informação o tempo todo, me levando inclusive a notícias totalmente inúteis da Globo.com, como “Nivea Stelmann vai a aniversário de filho de Andréia Sorvetão e Conrado“.  Na hora, essa noticia, por mais inútil que possa parecer (e realmente é)  me causou um ar de nostalgia. Andrea Sorvetão e Conrado são os ícones-mor do fracasso artístico que a mídia tenta nos empurrar. Se a pessoa aparecia muito na TV, posa pelados e depois vira evangélico, é porque é um artista frustrado.

.

essa foto é da 2ª etapa, entre ter semi-fama na TV e virar evangélico.

essa foto é da 2ª etapa, entre ter semi-fama na TV e virar evangélico.

Pois bem..   tomado pela curiosidade, resolvi dar um confere na wikipédi, aquele paraíso de informação não-confiável. Lá investiguei sobre a vida do casal acima citado e pude me lembrar que ambos participaram dos Trapalhões. E a pesquisa fluiu, vendo sobre os trapalhões acabei por visualizar o artigo sobre aquele que foi a personalidade mais importante que já morou em meu bairro, Cordovil, no subúrbio do Rio de Janeiro:  Jorge Lafond.

Cordovil: Bairro onde moraram Lafond, eu e o Seu Djalma, não citado no post.

Cordovil: Bairro onde moraram Lafond, eu e o Seu Djalma, não citado no post.

.

O que mais me chocou sobre o Lafond foi sobre a morte dele. Traindo o movimento dos gays famosos, ele não morreu de Aids. A parada foi mais sinistra: Lafond já tinha problemas de saúde, que se agravaram depois de uma crise de depressão, que sente só, foi provocada pelo PADRE MARCELO ROSSI! É, meu Brasil, pode acreditar. Esse bom moço que (teoricamente) não come ninguém praticamente matou o Lafond quando pediu para este ser retirado do palco do Domingo Legal pra poder cantar uma daquelas de suas canções chatas que fazem a brasileirada lembrar que é católica, mas que continua indo em centro de macumba de vez em quando pra bater um tambor.

O Brasil reza ave-maria em um dia e recebe santo no outro. ô mizinfim amém.

O Brasil reza ave-maria em um dia e recebe santo no outro. ô mizinfim amém.

.

Vamos botar na balança, quem seria mais útil pro Brasil ultimamente: Padre Marcelo ou Jorge Lafond? Padres existem vários.. padres POP STARS um ou outro.. mas qual utilidade? Popularidade sacerdotal é algo totalmente desnecessário. Humoristas realmente bons fazem falta, pelo menos na TV. Meu único medo seria a possibilidade de Lafond, hoje em dia, querer fazer stand-up comedy.

Se Lafond estivesse vivo, talvez ainda não tivesse um twitter verdadeiro.

Se Lafond estivesse vivo, talvez ainda não tivesse um twitter verdadeiro.

About these ads

14 Respostas para “O dia que Padre Marcelo matou o Lafond”

  1. Muito bom texto! Os links dão um ar de Tv ao Blog, uma esécie de Pânico por escrito. Gostei, mesmo.
    Grande abraço

    @ThiagoTeixeiraS

  2. Não sabia da existência deste blog.
    Dei uma passada geral pelas notícias já postadas e tenho que lhe dar os parabéns.
    Notícias que por sí só não causam tanto impacto mas, com uma pitada de “Bacon”, ficou interessante e “apetitosa”.
    Abraço, meu caro.

  3. Bacon, meus parabéns pelo texto!

    • Luciano Farias Diz:

      Parabéns pela coragem de falar sobre um assunto que, hoje, muitos se esquivam em comentar, sobretudo o SBT, local onde ocorreu o episódio, por se tratar de uma autoridade da igreja católica, quanta hipocrisia!! Lafond que foi um artista que tanto contribuiu para o sucesso da emissoria e hoje é tratado com essa falta de respeito… é de revoltar!!

  4. Nada a verrrrrrrrrrrrrrr o que você escreveu , é biblico filhinho , nenhum homem devera deitar com outro ou mulher com mulher !
    Eu acredito que cada um tenha a religião em que acredita e se encontra , mais voltando o Lafond contribuiu de bom para nosso pais , ou nossas vidas , concordo apenas em uma coisa que você falou , ele é mercenario , louco por dinheiro

  5. Cibelle Dantas Diz:

    Excelente texto Bacon! Felicidades! e POR FAVOR…continue assim! xD

  6. Nada como um dia após o outro. Quando o papa Bento XVI veio ao Brasil, se recusou a receber esse padre global. bem feito.

  7. Palco e lugar de artista.jorge lafon que deveria continuar no palco,pois padre nao e artista e deveria respeita o artista jorge lafond e nao querer que mesmo saira do palco.lugar de padre e na igreja e nao em um palco.

  8. HUMORISTA BOM??? SÓ POR QUESRTÃO D OPINIÃO. JORGE NUM ERA BOM NÃO, ERA HORRÍVEL…CREDO… TALVEZ BOA PESSSOA NÃO O CONHECIA. PADRE MARCLO, SINCERAMENTE. PREFIRO ACREDITAR Q FOI CALUNIA. NA BOA?? ELE REALMENTE TERIA CORAGEM D TER UMA ATIDUTE DESSA NOS BASTIDORES D UMA TV.? É BURRICE, COMO IMAGINO Q ELE NUM É BURRO, ENTÃO…

  9. sergio anselmo Diz:

    sempre ouvi vários comentários sobre a morte de Lafond,mas impossivel isso ter causado sua morte,a não aceitação dele com padre Marcelo Rossi,acho que ele superou por tantas coisas isso seria só mais uma em que iria passar.em seu livro ele diz ter sofrido varios preconceitos na rede globo por artistas e superou.

  10. Sempre achei essa padre um farsa, um sujeito sem sentido, preconceituoso, um lobo na pele de um cordeiro, devia responder um processo pelo que fez com jorge Lanfond, e certamente com outras pessoas. Lastimável.

  11. Por que não e cristão, que cristão siguinifica seguidores de cristo , e cristo nunca fez dessepisção de pessoas. que ele diz amar a Deus sobre todas as coisa e o prosíssimo como nos mesmo.

  12. Belíssimo artigo este, meus parabéns, mas tem um erro do idioma português…

    Você escreveu bem assim: “Lafond, eu e o Seu Djalma,”, quando, o correto é, na realidade, “Lafond, o Seu Djalma e eu”, pois segundo uma regra gramatical universal, o nome do outro deve ser mencionado antes do seu, está certo?

    É realmente incrível como ninguém neste país se lembra dessa regra gramatical, até o Raul Gil nomeou um de seus quadros como sendo “Eu e as crianças” e eu já falei a esse cara que o certo é “As Crianças e eu”, por que ele não estuda um pouco do idioma português em vez de idolatrar Marcelo Rossi, usar o tempo inteiro um verbo que já saiu de moda como “Curtir” e tentar ser engraçado zoando sua equipe e convidados, será possível?

  13. do que adianta o padre,ficar evangelizando meu DEUS,meu DEUS!
    e por trás das câmeras ficar discriminando
    as pessoas por sua opção sexual.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: